Faça bom resumo da memória ! Exclua os conhecimentos que não passam de sucatas mentais. Busque a imaginação criativa, empreenda a si mesmo ! - Elanklever

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Aspiração ! Inspiração - por Elvio Antunes de Arruda (Elank Lewer).

.



ASPIRAÇÃO, INSPIRAÇÃO !

                      Arruda, Elvio Antunes de

Criava eu!
Frases, pensamentos, citações.

Escrevendo, discorrendo
Arquitetando dialogando em mim,
Pelas letras a respirar.
Seguir, caminhar
Sabores e dissabores
Tempo engolindo momentos.

Instantes que grudam, colam
Na memória fixando
Seguindo eu,
Empurrado, cerceado,
Culturas contradizentes.

Tradições sem histórias
Costumes endurecidos
Cultos, rituais repetidos
Tempo degustando vidas
Certezas do nada,
Inspirar, respirar.

Seguir, aceitar
Radicalizar, buscar
Asseio no pensar,
Respirando palavras,
Reconciliar!

Ser, vida dando sentido,
Homem, caminho... Fé!

·        02.05.2018
·        Elvio Antunes de Arruda
·        Isaías 45:2

sábado, 17 de março de 2018

O sentir do processo existencial - Procurar o idioma da realidade - Elank Lewer.

“Indefinição de foco no existir “processo existencial” 
            
Arruda, Elvio Antunes de

Quando não decidimos pelo melhor caminho do existir, podemos levar  uma vida digressa da realidade,  errática, vezes também acrítica e com difícil  harmonia e congraçamento  para consigo mesmo.

Todavia, o que é o melhor caminho? O que são bons hábitos?  Hábitos do pensar, do sentir, do agir, de percepção, de busca e outros.

O medo do pensar: o auto diálogo, a reflexão solitária, vezes  se  pode ficar com um auto-diálogo insuficiente, dúbio e não conclusivo. Toda reflexão,  como expresso é dinamicamente solitária, vezes abandonada e trocada pela rotina, assim o meio não é agredido, tornando o ser passivo em uma sociedade letárgica podendo tornar-se excluso de si  em uma percepção também por outros não refletida. Bloqueando o fluir do ser.

Angústias, indefinições, incertezas, depressão, extro e auto-acusação, vícios, desmotivações moléstias, auto-agressões e outras disfunções colidentes que geram a complexidade do caos.
Dor emocional, inconsciência do existir, conflitos e por fim, crenças e moléstias degenerativas resultantes da diluição de foco.

Gera-se o medo do pensar distorcido, da digressão e desorientação, colocando o ser  novamente em estado de fuga, inclusive o conceito errático de educação retroalimentando tal disposição. Segundo o dicionário brasileiro educação é a busca e aquisição de bons hábitos, como já inquirido: o que são bons hábitos?

Chega-se a um fundamento em que viver é desfrutar de prazeres, após isto, atina-se a um momento que o saudável descobre que também é sentir dor. Somos seres que a única função é sentir satisfação e dor, e socialmente é prazer ou contrariedade. Será que isto dá sentido?

Fora isto todo outro processo é seqüência programada da natureza. Vejamos:- Se você planta algo não é você que produz, não é você que faz o filho, somos ferramenta da natureza,  nem “somos nós” que controlamos até as necessidades de levar a bom termo nossas necessidades fisiológicas, o alimento se escolhe pelo gosto “prazer” e os medicamentos pela “dor”, correções diversas doem, tanto de ordem física como ética e moral.

Muito se fala em liberdade. Levaremos ainda muito e muito tempo, para entender a porcentagem de liberdade que somos liberados. Dores físicas e emocionais, dores da alma. Seria a felicidade uma consciência de superação de etapas e muito confundida com o livramento de pressões e contrariedades? Liberdade é poder decidir, não decidir e vezes viver de forma vazia e nula também é uma decisão.

O desconhecimento dos fundamentos e objetivos do existir mostra que o ser se deixa ser conduzido pela massa e induzido por si mesmo, como diz o pensador “aquele que se deixa conduzir é escravo de opiniões alheias”. Falando em liberdade, até a necessidade em se dizer livre demonstra quão distante está da definição, conceito e prática da mesma. Liberdade é naturalmente livre, não está ligada ao conceito individual, é um caminhar decidido.

Dor mental?  Conflitos, pensamentos colidentes que causam pressão emocional, gerando obstáculos físicos, mentais e emocionais. (Empecilho, barreiras). Será que somos vitimas de funções e disfunções genéticas, emocionais e mentais?

O medo do pensar julgo eu ser o grande obstáculo, visto que o pensar é a ferramenta da identificação do ser, a reflexão vezes não é refletida pelo meio, mas tem que ser bem avaliada e analisada pelo indivíduo.

Somos a soma do que pensamos, somos o tempo que investimos na vida, o passado é a base e fundamento de tudo o que sabemos,  selecionar informações é uma grande arte diante de tantas deformações. Passado e futuro são imaginários, o presente é a realidade. Lembramos de fatos do passado e não do tempo passado. Penso aqui a frase de Elank Lewer “Se o conhecimento for prazeroso há construção do eu mental e emocional”.

Somos tomados por obstáculos físicos, mentais e emocionais. Muitos pensadores, analistas do comportamento humano citam: somos a soma do que pensamos.
O medo do pensar leva o ser humano às neuroses “moléstias dos nervos”, devido a desconexão entre o “fluir do  pensar e do sentir”.

Sente-se o desconforto da falta de reflexão e pensamento objetivo, e ressente-se disto. Principalmente a pressão de poderes insanos  sobrepondo a individualidade e o devido respeito ao pensamento, análise e avaliação individual. A proibição expressa por poderes principalmente religiosos, políticos que castram de forma sutil e subtendido o ser, do garimpo das ideias e na busca de conquistar uma “intropretação” da própria visão de realidade.

A maior moléstia do ser humano é a fobia” Assim citou o médico psiquiatra Alfredo Simonetti. O ser humano busca o prazer para fugir da dor, busca “felicidade” como fuga de uma possível infelicidade. Ou a felicidade é natural? 

Precisamos saber que as funções e ou disfunções do organismo são autônomas, a natureza detém o automático do nosso organismo. O cabelo cresce sem vermos, a unha, os movimentos dos órgãos, a produção de lágrimas, a organização e controle do sangue, necessidades fisiológicas, e outras centenas de funções. Inclusive os relógios diversos.

Nossa obrigação como mente pensante não é só combater a doença “dor”, mas também expandir a saúde, buscar a regeneração física, mental, emocional e espiritual. Para viver bem é preciso aprender a viver. Vamos ponderar? Viver é arte, viver é tecer,  acontecer. Será que a busca do conhecimento atrapalha nossa busca pelo prazer?  O Sentido da Vida  é construir-se feliz. “A liberdade é o direito de pensar, cada um é o  mestre de suas decisões – Elank Lewer”.

Vamos de Frankl? Quando se aceita que é impossível substituir um ser, manifesta-se a responsabilidade que o homem toma para sua existência. Um homem que se torna consciente de que uma pessoa o espera ou de que tem uma obra inacabada assume sua responsabilidade e sabe o porquê, o sentido da sua vida.

Arruda, Elvio Antunes de
25.02/07.03 - 2018

websete@gmail.com

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Frases leves de Elank Lewer

...
.
Olha o que eu fiz! Tornei o dia mais feliz.
Elank Lewer.

O tempo grudou, amarelou!
Elank Lewer

Agradecer mais, cura o sentimento de ingratidão.
Elank Lewer

Errar é Humano, não queira sempre ser doismano.
Elank Lewer

Espelho é bom para - aparecer.
Elank Lewer

Inspirar para não pirar.
E.Lewer

.
.
Há pessoas que não chegam !
Há pessoas que passam !
Há pessoas que passam, e se vão
Há  pessoas que se vão, mas não passam !
Há pessoas que deixam sua marca
Um legado,sempre atual !!!


Elank Lewer/Elvio Arruda


quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Equipe não se elogia? - Elanklever

.

.

UM PIANO MÉDIO TEM EM TORNO DE 230 - funcionários, ops - CORDAS. O sentido do gestor é conseguir bons resultados. Uma equipe é isso! Não se elogia o melhor, mas se cuida do instrumento. CADA UM TEM SUA NOTA A CUMPRIR, assim a EQUIPE se afina. Chega de alisar egos.

ELANKLEVER

Obs: Pode-se copiar a frase, e utilizá-la - apenas solicitamos a gentileza de citar o Autor.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Auto Diálogo - Uma visão subjetiva e autoestima.

.

AUTO DIÁLOGO – Definições reflexivas - Uma avaliação subjetiva e a autoestima.
.

A mente comanda a condução e controle do ser, mente confusa alma obtusa. Quando descobrimos que o esclarecimento sobre o existir não é solutivo até hoje pela mente, a mente não é capaz de demonstrar a clareza da realidade. Podemos assim, tornarmo-nos fonte de conflitos, indefinições e outros derivados de pensamentos e comportamentos não fundamentados no conhecer das realidades (relações), bio-psico-social – internas e externas leis da natureza e suas extensões.

O  diálogo interno, reflexão não gerenciada vem resultar faltamente em conflitos, gerando cascatas de desencontros não administráveis, fluindo pensamentos e ações  que colidem frontalmente com nosso modo de ver o mundo, dificultando o Internalizar da realidade subjetiva  e conseqüentemente  a objetiva. Há uma citação oferecida pelo pensador Elanklever em “Definições Reflexivas” cita: “Em seus momentos de reflexão, não dialogue com seus inimigos, conserve sua paz”.

Ponderando esta reflexão é realmente um ótimo posicionamento. Vezes criamos inimigos que nos trazem o pesadelo fantasioso, todavia um tanto de difícil controle, de nós exige isto constante vigilância e mudanças de hábitos -. Cita Viktor Frankl  “Certa dose de conflito é normal sadia”  Livro - Em busca de sentido. Amor,  respeito e valores não se dão , geralmente oferecem o que sobra. Essas virtudes as pessoas recebem por relacionamento e não por ofertas. Principalmente quebrando o elo da autoacusação, “pecados’ gerados por pensamentos e sentimentos distorcidos, não fundamentados, assentados no senso um tanto equalizado. Senciente e consciente.

O desconhecer das realidades mais profundas e não gerenciáveis pela mente, leva o ser a formar e tornar base de desequilíbrios diversos à dita racionalidade da mente humana, porque a mente não tem conseguido  sustentar todo o elo e a complexidade que nos liga ao mundo e a nós mesmos. A trilha ao caminho começa em determinado momento da vida.

Vezes mesmo a pessoa deixa o preocupar,  evitando assim  pressão mental emocional, medrando o verter de conflitos maiores,  ou evitando doenças relacionadas à conflitos e transferências do mesmo à distúrbios físicos emocionais. Buscando evitar a fragmentação de si mesmo. A caridade não é doação, é relacionamento não alimente seus inimigos internos, seja mais caridoso consigo mesmo.

Como sabemos, nossa mente orienta a condução da alma “si mesmo”, e como um navio no mar das incertezas, aventa-se então, melhor uma âncora a que ficar ao sabor dos ventos. Esse fluir de dificuldades nas relações existenciais – de si para si, de si para o externo e do externo para si, vezes perturba o equilíbrio do ser, gerando confronto consigo mesmo, gerando auto-agressividade ou, ao externo  ou  mesmo chegando decidir desertar da reflexão integrativa e viver sem alento para isto, a apatia sufoca a tenra visão da realidade, vezes permitindo o desfalecer da busca racional. Jose-Vicente Bonet cita: “Quanto mais indigno se sente uma pessoa, mais difícil se revela modificar sua auto-estima”  Livro: Autoestima – o que é, como se faz.

Assim busca-se lenitivos para suavizar esta indefinição neste caminho. Vezes mesmo contra a intuitiva razão o ser passa ligar em certezas "duvidosas" aceitas e massificadas, como que a si dizendo: eu não estou certo de nada, “ mas se tem muita gente aqui” é porque alguém entendeu  melhor a que eu. O Nobel Georges Shapark cita: Há uma distância entre o que cremos e o que sabemos. Vemos hoje norma dizer: Eu acho, eu acho isto, acho aquilo !! O que é eu acho? Como cita o penador: Eu acho é a certeza de nada - Elanklever 

Sendo assim, a pessoa se liga a crenças diversas, religiões, doutrinas, filosofias como que se dizendo novamente: neste circulo estou seguro, basta eu acreditar e me convencer, mesmo com inexatidão de raciocínio. "Se houver uma vontade, haverá um caminho" - Witness Lee.
Vezes desfragmentando, inabilitando ainda mais, por aceitar realidades impostas, sobrepostas e sufocando o fluir da identidade, conseqüente enfatuamento, passividade, medo do pensar e vezes autodesestima. Telhard Chardin cita em seu Livro – Fenômeno Humano “O homem continua a procurar”. Ou “Fé é fuga para a realização – Elanklever”, o famoso buscar-me-eis.

Importante é caminhar, seguir, buscar.  O Universo comprovadamente é um conjunto de Leis, e sua leitura é matemática. O próprio físico que muitos dizem ser ateu cita em seu livro:   O físicoStephen Hawkingque expressa: se nós descobrirmos uma teoria completa será o triunfo definitivo da razão humana - pois então nós deveremos conhecer a mente de Deus".  L. - Uma breve história do tempo.

O Nobel de Física Georges Charpak (1989) cita em seu livro Sejam Sábios tornem-se profetas – "Tanto a religião ou a ciência precisam voltarem a serem filosóficas" L. Amigos da sabedoria” pg.197. Vamos caminhar, buscar, avaliar e não sermos dominados pelo medo insano, mas, pela prudência.

Durckheim em seu livro - Em busca do Mestre interior – pág. 124, 125 cita: O caminho não é trilhado pelo ser humano, mas o próprio caminho penetra nele um dia,  manter-se em movimento é uma responsabilidade”.

Complementando este escrito, deixo aqui as inspiradas palavras do pensador: “A escrita grita, ecoa, no silêncio voa, velocidade da luz” – Elanklever. “ 

"Fé, é a coragem de correr, correr para frente mesmo no escuro da noite, o coração pulsa, o futuro chega”. (Definições reflexivas).

ARRUDA, Elvio Antunes de

08.2017

websete@gmail.com

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Reflexão - Elvio Arruda

.
REFLEXÃO

O silêncio forte grita!
Calado eu a ouvir
Dialogando em mim.
Busco um melhor entender.

O mundo ao lado, seu barulho
Seu humor, rumor.

Na terra, caminho
Dialogando, internalizando
Buscando, tateando no escuro dia.

Silêncio forte grita!
Por dentro, por fora.
Alento,  inspiração, atento.

Agora!

Um momento -  mais tarde volto.
Agora a realidade vem estrilar,
Acorda! Venho recobrar.

Fale, faça - não  pare !

Parado vai ficar?





Elvio A. Arruda - 11.07.2017

sexta-feira, 31 de março de 2017

Reflexão - Elanklever

.
É, refletir!
voltar, buscar na memória,
distar, mediar em si
rever história !!

Gavetas da mente,
revirar
rebuscar,
remontar, 
rever,
revirar.
espelhar.

Momentos colhidos
Fatos idos.

Desfragmentar,
reencontrar,
indelével memória.

Reolhar, abrir
arestas no entender.

Pensar, pesar sem pesar.
Na mesa,
o doce e o amargo,
o tino, do destino.
refazer rastros.

Cada um, seu mundo!!!

E. Arruda/Elanklever

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Estudo e caráter - Elanklever

 .

Caráter não é resultado de estudo, caráter é mais o toque da essência de cada um. Estudo pode nos revelar a moral e a ética, mas não o sentido de caráter. O zelo fundamentado na tendência.
.
Elanklever

domingo, 8 de janeiro de 2017

Tempo - amigo : Elanklever

.
.
O tempo é um amigo, leva e traz momentos. Sempre em forma de presente, agradeça
Elanklever/E.Arruda

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Justiça é para todos - Elanklever

.
A lei e a justiça é para todos. Só queria saber quem são esses todos.
Elanklever

Caráter não é resultado de estudo, caráter é mais o toque da essência de cada um. Estudo pode nos revelar a moral e a ética, mas não o sentido de caráter. O zelo fundamentado na tendência.
Elanklever

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Livros - Nação livre - E.Arruda/Elanklever

.

.
Nação livre de livros, é uma nação não livrada
E.Arruda/Elanklever

domingo, 30 de outubro de 2016

Justiça para todos - E. Arruda

.
.
Dizem: "Justiça é para todos, evoluímos tanto que está difícil saber quem está incluído 
no todos" 
.
E. Arruda

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Frases diversas - E.Arruda/Elanklever

O Brasil é um país que produziu muitos gênios, Lampião e outros da Lâmpada Queimada.
E. Arruda

.
O mais difícil da morte, é ter que viver antes.
E. Arruda

O povo tem que lutar contra os parasitóides que infestam os intestinos e destinos da Nação.

E.Arruda
Muitos querem mesmo: passar o Brasil a sujo.
Elan Dici

Antes havia corrupto aparente, agora com a evolução...transparente
E. Arruda

Pedras a sós não se movem, mas pode aparecer um ser racional para atirá-las.
Elanklever

As lentes de nossos desejos, amplia as virtudes de nossos amigos, e de estimados bandidos.
E.Arruda

Em um País, onde alunos não querem estudar, e "políticos" não querem estudo. Professor atrapalha ambos.
Elan Dici



domingo, 23 de outubro de 2016

A mais difícil arte

.

.
A mais difícil arte. Estudar a si mesmo.
(.....)

domingo, 21 de agosto de 2016

Opiniões - Elanklever


Quando uma pessoa pensa que estudou muito, aprendeu muito e não descobre sentido. Passa a julgar dona da opinião alheia porque perdeu a própria.
.
Elanklever

Erro Filosófico - Elanklever

.
ERRO FILOSÓFICO
.
Nada tenho a escrever;
Porém, escrevendo, escrevo.
Vivendo vivo !
Falando falo!
Pensando penso!
Tudo a ver,
Tudo a falar,
Tudo a pensar,
Muito a escrever!

Ver, crer, ex.
Inverso, reverso, em verso.

Lembrei-me que li,
Hamlet e não sei fazer omelete,
Li Nit,  nada nítido.
Li Kant, e não aprendi cantar.
Li Maslow, e enrolei a língua.

Ainda bem, que ao ler Loocke  fiquei
normal, acredito.

Porém, bem sei,
Estudo, és tudo!

Oh! lembrei Platão, me deu fome.
Voltei ao  Brasil.

Depois de ler Karnal e Cortella.
Água na boca!
Um bom churrasco, vai bem.

Lendo Pondé, posso ficar mais ponderado.

                                                           É, fiz pós fiquei empoado.
Elvio A. Arruda



Liberdade sem destino é como voar sem direção, fuga.
Elanklever

domingo, 17 de julho de 2016

Definições Reflexivas - Elanklever

.

No Livro
.
Flores não escolhem vasos - Elanklever
.
O sabor da vida depende de quem a tempera - Elanklever/E.Arruda
.
.
Uma bela frase e uma boa frase: a primeira me faz ver a flor. A segunda troca ideias comigo, me mostra o fruto, me dá uma semente.
Elanklever/E.Arruda

sábado, 9 de julho de 2016

Orlas Prateadas - Elvio

.

ORLAS  PRATEADAS

Elanklever
.

.Que belo encanto,
Que arrebata o sentir.
Pelo artista sol.
A nuvem rendada
Com bordas matizadas,
Cravadas de diamantes
a brilhar.

Belas orladuras
prata -douradas.
Na tela celeste aplicada,
habilmente decoradas.

Nuvens no  céu flutuando, navegando
Disformes formas,
Fora da norma!
Envolvidas pela imensidão.
Em minha alma apreciei.

Lá, cravada de luzentes diamantes
A brilhar.

Não há como não se extasiar,
Lá, sol, água, nuvem ar,
Na bonança da alma,
Sobraram em mim,
Inestantes  palavras .
Ficaram lá,
Presente mostrado,
Alguém não teve o olhar
Eu confesso que vi.

Lá naquela tarde,
Com bordas prateadas,
O sol brindou,
Minha alma rendou.

Nos giros da terra a cena se foi.

Sim juro que vi!

Elvio Antunes de Arruda
julho/2016

terça-feira, 28 de junho de 2016

The Life - Elank Lever

.
The taste of life depends on the spice
Elank Lever

O sabor da vida, depende de quem tempera
Elanklever

O sabor da vida depende de como se tempera
Elanklever

sábado, 25 de junho de 2016

Remover montanhas - Elanklever

.
Quantos querem remover montanhas, sem saberem que a maior de todas poderá
estar ao lado de dentro.
.
Elanklever

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Melhor ou pior - Elanklever

.
Melhor o ruim a que o pior, assim se esquece o melhor.
ELANKLEVER


quinta-feira, 23 de junho de 2016

Viu ou ouviu o vil ? - Elanklever

.
 VIU OU OUVIU O VIL? 
Elanklever

Viu, ou ouviu dizer  do vil?
Sórdido, ordinário, reles.
Alguém viu?
Insignificante, mesquinho, desprezível, vil!
Alguém viu?

Oh, infame, tolo vil!
Não há vil.
Jamais alguém será vil,
Jamais serão vis.
Todos afundaram com o navio.

Por isso o vil, ninguém jamais ouviu.

Agora todos julgam,
Ninguém jamais viu um
desvio, caminho do vil.
Nunca, jamais alguém violou!
Vil, vilão na vila não.

Violento, toca a vida, viola não.

Deixe me cuidar do meu violal,
Ou dos bem-te-vis.
Para me livrar deste mal,
afirmo.

Ninguém viu o vil.
Nem eu vi o vil.
Em trajes de gala
ou civil.

Pode talvez estar na esquina,
lá, lá, rindo porque sumiu.
O ignóbil vil !!!



Elvio A. de Arruda (21.06.2016)

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Melhor o ruim ? - Elanklever

.
Melhor o ruim a que o pior, assim se esquece o melhor.
Elanklever
.

domingo, 19 de junho de 2016

Ser ou descer - elanklever

.
Ser ou descer, eis a questão
Elanklever

 Elank Lever diz que: “Sem reflexão, a leitura aperfeiçoa nossa ignorância.

================================================================

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Time ruim, sempre contra o melhor - Elanklever

.

"Time ruim tem torcida ruim. Sempre torcendo contra o melhor" Elanklever

domingo, 5 de junho de 2016

BOA VIAGEM - ELVIO


BOA VIAGEM !!! - DIGITAL DE ELVIO.


segunda-feira, 30 de maio de 2016

domingo, 31 de janeiro de 2016

Introversão - Elvio


INTROVERSÃO
Elanklever
Parei a introver meus sentimentos.
Disparei a refletir.

Ante minha memória encontrei desfeitas histórias. 
Passo a passo até em descompasso,
pondo, repondo.
Desfragmentando, compondo.
Desaretalhando, versos e reversos diversos.
Voltei então a repedir ao tempo
a não desdizer lembranças de minha infância.
Deixa-me descantar histórias,
desandar minhas memórias.
Voltar, sem revoltar.
A aprender, prender, compreender.
Repensar sobre dias passados que não se foram.
Doce infância,que não há como dela dizer, se não apoetar-se.
Elvio Antunes de Arruda

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...